Crianças que possuem problemas de visão com baixa autoestima: Veja alguns cuidados e práticas para preservar a saúde mental do seu filho - SunKids

Crianças que possuem problemas de visão com baixa autoestima: Veja alguns cuidados e práticas para preservar a saúde mental do seu filho

Sabemos como o período de adaptação com os óculos é extremamente difícil, deixando a grande maioria das pessoas com baixa autoestima, principalmente quando não temos um óculos que combine com o formato do nosso rosto. Infelizmente, as pessoas só se importam com tal fase quando é com elas mesmas, e acaba esquecendo completamente que as crianças também passam por tal situação.

Este período deve ser tratado com uma maior simpatia com as crianças, para que assim, elas possam se acostumar com o novo visual, já que tudo que é diferente do tradicional, acabamos estranhando. Também vale dizer que a procura por um modelo de óculos infantil que combine com o seu filho é algo que pode ajudá-lo a superar tal processo.

Contudo, não podemos ignorar o fato de que milhares de crianças possuem uma baixa autoestima por conta de um mau período de adaptação com os óculos. Tal situação é extremamente complicada de ser convertida, e portanto, merece uma maior atenção.

Caso você tenha curiosidade de entender as práticas, hábitos e ações que podem ajudar o seu filho a passar por tal situação, preservando a sua saúde mental e autoestima, recomendamos que preste muita atenção em todas as informações que serão citadas a seguir.

Como é descoberto um problema ocular em crianças?

Muitas pessoas ainda possuem a dúvida sobre como um problema ocular é descoberto em crianças, já que a maioria dos pais não possuem o costume de levar os seus filhos ao oftalmologista com frequência, principalmente quando ainda bebês, época na qual não conseguem se expressar completamente, avisando os pais que possui algo de errado com a sua visão.

Bom, recentemente se tornou obrigatório a realização do (TRV), o teste do reflexo vermelho, também denominado como teste do olhinho, em todas as maternidades do Brasil. Como você já deve ter imaginado, este teste possui a principal função de descobrir se a visão do bebê é saudável, identificando problemas como: miopia, catarata, retinoblastoma, astigmatismo, entre outros.

Vale dizer que grande parte dos problemas identificados por tal teste, caso não sejam tratados, podem levar à cegueira total e irreversível, e por conta disso, o teste do olhinho anda ganhando uma maior visibilidade e importância na atualidade. Na maioria dos casos, os problemas identificados precocemente por tal teste possuem um tratamento mais seguro e efetivo, dando a possibilidade da criança não apresentar nenhum vestígio do mesmo no futuro.

 

Crianças com baixa autoestima: Cuidados que os pais devem tomar após o descobrimento de um problema ocular

Pode-se dizer que mesmo quando o teste do olhinho é realizado, algumas crianças ainda desenvolvem problemas e síndromes oculares, entretanto, com um grau menor. Na maioria destes casos, o problema deve apresentar uma fonte artificial, como por exemplo: absorção excessiva de raios solares ou luzes azuis pelo globo ocular, infecções, entre outros.

Contudo, é um fato que estas crianças acabam tendo que partir para o tratamento mais recomendado por todos os oftalmologistas quando o indivíduo possui um problema de pequeno grau e risco, que é a utilização de óculos ou lentes corretivas. O grande ponto negativo desta alternativa, é que a criança tem que passar pela fase de adaptação com os óculos, algo que pode afetar diretamente a sua saúde mental, deixando-o com baixa autoestima.

Nestas situações, os pais necessitam tomar algumas atitudes e desenvolver algumas práticas, nas quais ajudam a fortalecer o psicológico de seus filhos que estão começando a utilizar óculos. Dentre tais práticas e cuidados, podem ser citados:

 

Escolha de um bom óculos

O primeiro ponto que deve ser seguido, é durante a escolha do modelo de óculos. Na atualidade, podemos observar uma grande variedade de modelos, nos quais apresentam inúmeros formatos e cores. Tendo isso em mente, é essencial escolher um modelo que agrade o seu filho e que combine com o seu formato de rosto. Como conselho, recomendamos que escolha o modelo na melhor loja de óculos infantil do Brasil, a SunKids.

Conversas sobre a importância do óculos

Muitas crianças com problemas oculares e que possuem baixa autoestima tendem a ter o pensamento e desejo de parar de utilizar os óculos, algo que pode ser evitado com algumas conversas sobre a sua importância.

Estimulação e encorajamento

Por fim, mas não menos importante, caso o seu filho tenha baixa autoestima e necessite utilizar óculos, é fundamental que você sempre estimule-o e encoraje-o sobre a utilização do mesmo, entretanto, nunca obrigue-o! Tal prática pode prejudicar ainda mais a sua relação com os óculos.

 

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.