Criança com alergia nos olhos:  causas, sintomas, tratamento e como evitar

Criança com alergia nos olhos: causas, sintomas, tratamento e como evitar

2 comentários

No mundo moderno cheio de poluentes e alérgenos, as crianças não estão imunes às alergias, e uma das formas mais comuns de alergia em crianças é a alergia ocular.

Pois, os olhos são uma porta de entrada para irritantes como pólen, poeira e ácaros, causando coceira, vermelhidão e desconforto para os pequenos. Felizmente, há uma série de dicas úteis para ajudar a aliviar a alergia ocular em crianças e proporcionar alívio imediato.

Sintomas comuns de alergia nos olhos em crianças

Alguns dos sintomas mais comuns de alergia ocular em crianças incluem:

  1. Coceira nos olhos: A coceira nos olhos é um dos sintomas mais característicos da alergia ocular em crianças. A criança pode sentir uma forte vontade de coçar os olhos, o que pode agravar ainda mais a irritação.
  2. Vermelhidão dos olhos: Os olhos vermelhos são outro sintoma comum de alergia ocular em crianças. A vermelhidão ocorre devido à inflamação dos vasos sanguíneos na superfície do olho, que é desencadeada pela reação alérgica.
  3. Lacrimejamento excessivo: As crianças com alergia ocular podem apresentar um aumento no lacrimejamento dos olhos. Isso ocorre como uma resposta do organismo para tentar aliviar a irritação e remover o alérgeno dos olhos.
  4. Irritação e sensação de queimação: A alergia ocular pode causar uma sensação de irritação e queimação nos olhos da criança. Essa sensação desconfortável pode afetar a visão e a qualidade de vida da criança.
  5. Inchaço das pálpebras: Em alguns casos, a alergia ocular pode causar inchaço das pálpebras. Isso ocorre devido à inflamação causada pela reação alérgica, que pode afetar tanto a pálpebra superior quanto a inferior.
  6. Sensibilidade à luz: As crianças com alergia ocular podem apresentar sensibilidade à luz, conhecida como fotofobia. Isso ocorre devido à irritação nos olhos, que torna os olhos mais sensíveis à luz.

 

Alergia nos olhos - o que fazer?

 

É importante observar que os sintomas da alergia ocular em crianças podem variar de acordo com a gravidade da reação alérgica e o tipo de alérgeno envolvido. Além disso, esses sintomas podem ser semelhantes aos de outras condições oculares, portanto, é essencial consultar um médico para obter um diagnóstico correto.

Principais causas de alergia nos olhos das crianças 

 Existem várias causas que podem desencadear alergias oculares em crianças, e é importante identificá-las para um tratamento eficaz. Aqui estão algumas das principais causas de alergia ocular em crianças:

  1. Ácaros e pólen: Os ácaros e o pólen são alérgenos comuns que podem desencadear reações alérgicas nos olhos das crianças. Os ácaros são pequenos insetos microscópicos que vivem em colchões, travesseiros, carpetes e móveis estofados. Já o pólen está presente no ar durante determinadas épocas do ano, como a primavera. A exposição a essas substâncias pode causar irritação e vermelhidão nos olhos das crianças alérgicas.
  2. Mofo e poeira: O mofo e a poeira são outros alérgenos que podem afetar os olhos das crianças. O mofo é encontrado em áreas úmidas, como banheiros, porões e áreas com vazamentos de água. A poeira contém diversas partículas, como ácaros, pelos de animais, pó de alimentos e substâncias químicas. A exposição a mofo e poeira pode causar coceira, inchaço e vermelhidão nos olhos.
  3. Pelos de animais: Os pelos de animais, como gatos e cachorros, são um gatilho comum para alergias oculares em crianças. As proteínas encontradas na saliva, urina ou nas células mortas da pele dos animais podem causar reações alérgicas nos olhos das crianças sensíveis. Os sintomas mais comuns incluem olhos vermelhos, coceira intensa e lacrimejamento.
  4. Produtos químicos: Alguns produtos químicos presentes em produtos de limpeza, cosméticos, produtos de higiene pessoal e até mesmo em piscinas podem causar alergias oculares em crianças. Substâncias como cloro, corantes, perfumes e conservantes podem irritar os olhos e desencadear uma resposta alérgica. É importante ficar atento aos ingredientes dos produtos utilizados em casa ou em ambientes frequentados pelas crianças.
  5. Alimentos: Embora seja menos comum, algumas crianças podem desenvolver alergias oculares relacionadas à ingestão de certos alimentos. Alimentos como leite, ovos, amendoim, trigo e frutos do mar podem ser gatilhos para reações alérgicas que afetam os olhos. Essas reações podem incluir inchaço, vermelhidão e coceira.

Desse modo, ao Identificar as principais causas das alergias oculares em crianças é essencial para um tratamento adequado e alívio dos sintomas. Se seu filho apresentar sintomas de alergia ocular, consulte sempre um especialista para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. 

Dicas para evitar alergia nos olhos das crianças

Para evitar o desconforto e minimizar os sintomas, é importante adotar medidas preventivas adequadas. Aqui estão algumas dicas úteis para prevenir a alergia ocular em crianças:

Mantenha a limpeza adequada

Ensine a criança a lavar as mãos regularmente, especialmente antes de tocar os olhos. Isso ajuda a evitar a transferência de alérgenos para os olhos.

Mantenha a área ao redor dos olhos limpa e livre de poeira, pelos de animais de estimação e outros alérgenos. Use produtos de limpeza adequados e evite o uso de produtos químicos irritantes.

Evite o contato com alérgenos

Identifique e evite os principais alérgenos que desencadeiam a alergia ocular na criança. Isso pode incluir pólen, mofo, pelos de animais, ácaros, entre outros.

Assim como também, busque manter as janelas fechadas durante as épocas de alta concentração de pólen ou poluição do ar. Use filtros de ar em casa para reduzir a presença de alérgenos suspensos no ar.

Lave regularmente os brinquedos de pelúcia e travesseiros da criança para eliminar os ácaros e outros alérgenos.

Cuidado com o uso de cosméticos

Evite o uso de maquiagem e cosméticos ao redor dos olhos da criança, pois,  podem conter substâncias irritantes que podem desencadear alergias.

Certifique-se de que a criança não compartilhe produtos de maquiagem com outras pessoas para evitar possíveis exposições a alérgenos.

Proteção contra alérgenos externos

Ao sair de casa em dias com alta concentração de alérgenos, como pólen, poluentes ou poeira, oriente a criança a usar óculos de sol para proteger os olhos.

Considere também o uso de óculos de mergulho ou óculos de natação ao entrar em piscinas cloradas, pois o cloro pode ser irritante para os olhos sensíveis.

Essas medidas preventivas podem ajudar a reduzir a frequência e a gravidade da alergia ocular em crianças, mas cada caso é único.

Portanto, é fundamental buscar orientação médica para obter um diagnóstico preciso e um tratamento adequado, proporcionando alívio e bem-estar para a criança. 

 

alergia em crianças

Tratamentos eficazes para aliviar a alergia nos olhos crianças

  1. Ambiente livre de alérgenos: É importante manter o ambiente da criança o mais livre possível de alérgenos, como poeira e ácaros. Limpar regularmente a casa, aspirar móveis e tapetes, e trocar lençóis e cortinas regularmente pode reduzir a exposição a esses alérgenos.
  2. Evite fatores desencadeantes: Identificar e evitar os fatores desencadeantes da alergia ocular é crucial para controlar os sintomas. Isso pode incluir evitar áreas com alta concentração de pólen, manter animais de estimação longe dos quartos das crianças ou utilizar coberturas antiácaros nos colchões e travesseiros.
  3. Lave os olhos com água fria: Lavar os olhos com água fria pode aliviar a coceira e a irritação. Instrua a criança a lavar suavemente os olhos com água fria sempre que sentir desconforto.
  4. Compressa fria: Aplicar uma compressa fria nos olhos pode reduzir a inflamação e o inchaço. Utilize uma compressa limpa e fria no local afetado durante alguns minutos, várias vezes ao dia.
  5. Colírios lubrificantes: Os colírios lubrificantes podem ajudar a aliviar os sintomas da alergia ocular em crianças. Esses colírios não contêm medicamentos, podendo ser usados várias vezes ao dia para manter os olhos lubrificados e aliviar o desconforto.
  6. Anti-histamínicos: Em casos mais graves, o médico pode prescrever medicamentos anti-histamínicos para aliviar os sintomas da alergia ocular em crianças. Esses medicamentos ajudam a controlar a resposta alérgica no corpo, reduzindo os sintomas.
  7. Consulte um oftalmologista: Se os sintomas persistirem ou piorarem, é importante consultar um oftalmologista que poderá avaliar a gravidade da alergia ocular da criança e prescrever tratamentos adequados, como colírios antialérgicos ou corticosteroides.

Ressaltamos aqui que o diagnóstico e o tratamento adequado da alergia ocular em crianças podem ajudar a reduzir o desconforto e melhorar a qualidade de vida da criança afetada. Portanto, não hesite em buscar orientação médica para proporcionar o alívio necessário!  

Concluindo 

Quando se trata de crianças com alergia nos olhos,  a prevenção é fundamental, afinal, é fundamental garantir que todas as superfícies da casa sejam mantidas limpas, incluindo cortinas, colchões e travesseiros, para evitar acúmulo de poeira e ácaros. 

Porém, quando a alergia ocular já está presente, existem algumas medidas que podem ser tomadas para aliviar os sintomas. Uma das primeiras coisas a se fazer é lavar os olhos da criança com água limpa e filtrada para remover qualquer irritante que possa estar presente, o que ajuda a reduzir a coceira e a vermelhidão.

Assim como também, compressas frias de água morna podem ser aplicadas suavemente sobre os olhos fechados para reduzir o inchaço e o desconforto.

 

Outro fator que ajuda a evitar que essas alergias ocorram, é a própria alimentação da criança, uma vez que uma dieta saudável e equilibrada pode fortalecer o sistema imunológico das crianças e reduzir a ocorrência de alergias oculares.

Dessa forma, alimentos ricos em vitaminas C e E, como frutas cítricas, morangos, abacates e nozes, têm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a proteger os olhos contra alérgenos.

Enfim, a alergia ocular em crianças pode ser um incômodo, mas seguindo algumas dicas úteis, os pais podem ajudar a aliviar os sintomas e proporcionar conforto para seus pequenos.

Da prevenção à higiene ocular adequada, existem várias medidas que podem ser tomadas para minimizar a ocorrência de alergias oculares e melhorar a qualidade de vida das crianças.

E, sempre que necessário, consulte um profissional de saúde para obter o diagnóstico correto e o tratamento adequado às necessidades específicas da criança.

Assim, com cuidado e atenção, podemos minimizar o impacto da alergia ocular, deixando os olhinhos brilhando novamente e prontos para explorar o mundo sem medos! 

 


Quer receber mais matérias como esta? Deixe seu e-mail abaixo e receba em primeira mão!

 

2 comentários

Luana Bernardes
Luana Bernardes

Oi, Heldriane! Em casos de alergia persistente, a recomendação é levar sua pequena no pediatra, só assim você terá um diagnóstico completo do que pode estar causando a alergia e assim tratá-la!

Heldriane dos santos
Heldriane dos santos

Acho que minha bebe tem alergia nos olhos.

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.