Dicas imperdíveis para não cair em golpes nessa Black Friday

Dicas imperdíveis para não cair em golpes nessa Black Friday

Ocorrendo durante o mês de novembro, a Black Friday é um dos eventos mais aguardados do ano por oferecer descontos e promoções imperdíveis nos mais variados produtos e serviços. 

No entanto, junto com as ofertas tentadoras, também surgem os golpistas à espreita. Esses indivíduos aproveitam a empolgação do dia para aplicar golpes em consumidores desavisados. Para evitar cair nessas armadilhas, é essencial estar bem informado e tomar algumas precauções. Neste artigo, apresentaremos algumas dicas imperdíveis para proteger-se e garantir uma Black Friday segura e claro, vantajosa.

Evitando golpes na black friday

Conheça os principais tipos de golpes na Black Friday

Embora a Black Friday seja uma época muito aguardada por muitas pessoas, principalmente pelos descontos e oportunidades de compra, é importante ficar atento aos golpes que podem ocorrer durante esse período. Confira abaixo os principais tipos de golpes na Black Friday e saiba como evitá-los:

  1. Phishing: Os golpistas utilizam mensagens de texto, e-mails ou telefonemas para se passar por empresas conhecidas, tentando roubar informações pessoais, como dados bancários e senhas. Para evitar cair nesse tipo de golpe, sempre verifique se o remetente é legítimo e nunca forneça informações sensíveis sem ter certeza da autenticidade da empresa.

Exemplo de phishing: "Parabéns! Você foi selecionado para ganhar um prêmio incrível na Black Friday. Clique no link abaixo para resgatar."

  1. Sites falsos: Alguns criminosos criam sites falsos que imitam o visual e a identidade de grandes lojas e marcas, com o objetivo de roubar dados financeiros dos consumidores. Sempre verifique a URL do site, procure por certificados de segurança, leia avaliações de outros clientes e desconfie de preços muito baixos.
  2. Falsos descontos: Alguns varejistas podem inflar os preços de seus produtos antes da Black Friday para, em seguida, oferecer um falso desconto durante a promoção. Pesquise previamente os preços dos produtos desejados e compare as ofertas para evitar ser enganado.
  3. Publicidade enganosa: Algumas empresas podem utilizar práticas de publicidade enganosas, prometendo descontos e promoções imperdíveis que, na verdade, não são tão vantajosas assim. Leia atentamente as condições e termos de cada oferta, verifique os preços dos produtos em outros lugares e desconfie de promoções exageradas.
  4. Vendas de produtos falsificados: Durante a Black Friday, pode haver um grande aumento na venda de produtos falsificados. É importante comprar apenas de vendedores confiáveis e verificar a autenticidade dos produtos antes de finalizar a compra.

Dica: Verifique se o vendedor é autorizado pela marca e pesquise por avaliações de outros clientes.

  1. Redes sociais e aplicativos fraudulentos: Golpistas podem criar anúncios falsos em redes sociais ou aplicativos, oferecendo produtos com preços irresistíveis. Desconfie de anúncios muito tentadores e faça uma pesquisa sobre a empresa antes de fazer qualquer compra.
  2. Boletos falsos: Alguns criminosos podem enviar boletos falsos para os consumidores, alegando que a compra foi realizada com sucesso. Sempre confirme a compra na sua conta do site oficial da loja e desconfie de boletos que parecem suspeitos.

Ao estar ciente desses tipos de golpes, você estará mais preparado para evitar cair em armadilhas durante a Black Friday. Por isso, sempre verifique a autenticidade dos sites e vendedores, ler atentamente as condições das promoções e desconfiar de ofertas muito boas para serem verdade. 

golpes black friday

Como identificar sites e vendedores fraudulentos

Confira a seguir dicas para eara evitar cair em armadilhas durante o período de Black Friday: 

  1. Pesquisar sobre a reputação do site ou vendedor: antes de realizar qualquer transação, é fundamental fazer uma pesquisa minuciosa sobre a reputação do site ou do vendedor. Verifique se existem avaliações ou reclamações de outros compradores em sites de confiança, como o Reclame Aqui ou Procon. Isso pode indicar se a empresa possui um histórico confiável ou se existem problemas recorrentes.
  2. Certificar-se da segurança do site: um site seguro é essencial ao fazer compras online. Verifique se o site possui um cadeado verde na barra de endereço, o que indica que a conexão é protegida por criptografia SSL. Além disso, verifique se o endereço começa com "https://" em vez de "http://", pois o "s" significa "seguro". Esses sinais indicam que as informações fornecidas serão protegidas.
  3. Analisar os preços oferecidos: na Black Friday, é comum encontrar grandes descontos e promoções, mas preços excessivamente baixos podem ser indícios de fraude. Desconfie de ofertas que parecem ser boas demais para ser verdade. Compare os preços em diferentes lojas para ter uma noção do valor real do produto ou serviço.
  4. Verificar as informações de contato: um site genuíno e confiável deve fornecer informações de contato claras e precisas. Verifique se o site possui um endereço físico, número de telefone e e-mail de contato. Pesquise essas informações para garantir que correspondam a uma empresa legítima. Caso contrário, pode ser um sinal de que o vendedor não é confiável.
  5. Ler a política de privacidade e os termos de uso: antes de fornecer seus dados pessoais, leia atentamente a política de privacidade e os termos de uso do site. Certifique-se de que seus dados serão tratados de forma adequada e que o vendedor não compartilhará informações com terceiros sem sua autorização.
  6. Confira a presença nas redes sociais: verifique se o site ou o vendedor está presente em redes sociais populares, como Facebook, Instagram ou Twitter. Verificar as postagens, comentários e avaliações dos usuários pode oferecer insights sobre a reputação e a confiabilidade da empresa.
  7. Fique atento(a) a formas de pagamento não seguras: evite realizar transações com vendedores que exijam pagamentos por meio de transferência bancária, boleto ou depósito antecipado. Prefira utilizar métodos de pagamento seguros, como cartões de crédito, que oferecem a possibilidade de cancelamento em caso de problemas.

Seguindo essas dicas, você aumentará suas chances de evitar sites e vendedores fraudulentos durante a Black Friday. 

Dicas para proteger seus dados pessoais durante a Black Friday

A Black Friday é uma oportunidade imperdível para conseguir descontos incríveis em diversas lojas online. No entanto, é importante não se deixar levar pela empolgação das promoções e manter a segurança dos seus dados pessoais em mente. Afinal, ninguém quer ter seus dados comprometidos ou cair em golpes durante esse período tão aguardado.

Aqui estão algumas dicas essenciais para proteger seus dados pessoais durante a Black Friday:

  1. Utilize senhas fortes: Uma das maneiras mais simples de proteger seus dados é utilizando senhas fortes. Certifique-se de usar combinações de letras, números e caracteres especiais, além de evitar senhas óbvias ou facilmente adivinháveis. É recomendado também utilizar uma senha diferente para cada site ou aplicativo que você utilize.
  2. Fique atento aos sites falsos: Durante a Black Friday, é comum que golpistas criem sites falsos para roubar informações pessoais. Sempre verifique se um site é legítimo e seguro antes de fazer suas compras. Procure por um cadeado na barra de endereço e certifique-se de que o site possui um certificado SSL válido.
  3. Evite clicar em links suspeitos: Golpistas muitas vezes enviam e-mails ou mensagens com links suspeitos, que direcionam para páginas falsas ou infectadas por vírus. Evite clicar nesses links e sempre verifique a fonte antes de fornecer informações pessoais.
  4. Mantenha seu antivírus atualizado: Ter uma proteção antivírus atualizada é fundamental para evitar infecções por malware e proteger seus dados. Certifique-se de que seu antivírus esteja sempre atualizado antes de fazer suas compras online.
  5. Utilize redes Wi-Fi seguras: Evite fazer compras online ou fornecer informações pessoais em redes Wi-Fi públicas, pois elas podem ser facilmente interceptadas por hackers. Opte por utilizar uma conexão segura por meio de redes privadas virtuais (VPNs) ou redes móveis.
  6. Verifique as políticas de privacidade das lojas: Antes de realizar uma compra, verifique as políticas de privacidade da loja. Certifique-se de que elas são claras e que os seus dados não serão compartilhados com terceiros sem o seu consentimento.
  7. Monitore suas transações e extratos: Durante a Black Friday, é importante acompanhar de perto suas transações e extratos bancários. Fique atento a qualquer atividade suspeita e, caso identifique algo incomum, entre em contato com seu banco imediatamente.
  8. Utilize métodos de pagamento seguros: Opte por utilizar métodos de pagamento seguros, como cartões de crédito com proteção contra fraudes. Evite fornecer informações sensíveis, como números de conta bancária, por telefone ou e-mail.
  9. Cuidado com ofertas muito boas para ser verdade: Desconfie de ofertas que parecem ser boas demais para ser verdade. Golpistas muitas vezes usam preços atrativos para atrair vítimas. Sempre faça uma pesquisa sobre a reputação da loja antes de fazer uma compra.

Proteger seus dados pessoais é fundamental não apenas durante a Black Friday, mas em todas as suas atividades online.

Desse modo, adotar hábitos de segurança e estar atento aos possíveis golpes é a chave para garantir uma experiência segura e tranquila durante essa época de compras e promoções.

Cuidados para não cair em golpes na Black Friday

O que fazer caso seja vítima de um golpe na Black Friday

Se, apesar de todas as precauções tomadas, você acabar sendo vítima de um golpe na Black Friday, é importante agir rapidamente para minimizar os danos e tentar resolver a situação da melhor maneira possível. Aqui estão algumas ações que você pode tomar se isso acontecer:

  1. Contate imediatamente o seu banco ou operadora de cartão de crédito: Informe sobre a fraude e bloqueie o cartão envolvido. Isso evitará que os golpistas continuem a utilizar os seus dados para realizar mais transações fraudulentas.
  2. Registre um boletim de ocorrência: Dirija-se a uma delegacia de polícia e relate o incidente. Leve consigo todos os documentos e evidências relacionados ao golpe, como comprovantes de compra e mensagens de e-mail ou SMS suspeitas. O registro do boletim de ocorrência é importante para formalizar a fraude e ajudar nas investigações.
  3. Notifique o Procon: O Procon é um órgão de defesa do consumidor que pode auxiliar na solução de conflitos entre consumidores e empresas. Entre em contato e relate a fraude, fornecendo todos os detalhes necessários. O Procon poderá orientá-lo sobre os seus direitos e ajudar nas negociações com a empresa envolvida.
  4. Guarde as evidências: Faça capturas de tela de todas as informações relacionadas à fraude, como e-mails, mensagens ou sites fraudulentos. Também é importante guardar comprovantes de pagamento, notas fiscais e qualquer outra documentação relacionada à compra. Essas evidências serão úteis caso seja necessário comprovar a ocorrência do golpe.
  5. Denuncie a fraude: Além de registrar o boletim de ocorrência, é importante denunciar a fraude aos órgãos competentes. No Brasil, você pode fazer a denúncia no site do Ministério Público Federal ou no portal Consumidor.gov.br. Ao denunciar, você estará colaborando para a identificação e punição dos golpistas.
  6. Bloqueie suas informações: Verifique se seus dados pessoais, como CPF e RG, não foram utilizados de forma indevida. Caso suspeite que suas informações estão sendo usadas sem autorização, entre em contato com os órgãos responsáveis, como o Serasa Experian ou o SPC Brasil, e solicite o bloqueio dos seus registros.
  7. Procure a assistência de um advogado: Se a empresa não resolver a situação de forma satisfatória ou se os danos causados pela fraude forem significativos, é recomendável buscar a orientação de um advogado especializado em direito do consumidor. Um profissional qualificado poderá guiar você em relação aos seus direitos e opções legais.

 

Já foi conferir a Black Friday da SunKids?

Durante todo o mês de novembro, a Sun Kids se destaca como uma opção confiável, comprometida em oferecer descontos reais em uma ampla variedade de produtos, proporcionando aos consumidores uma experiência de compra livre de preocupações.

Na SunKids, a garantia de autenticidade é uma prioridade. Todos os nossos produtos são genuínos, eliminando qualquer apreensão relacionada a itens falsificados.

Além disso, os descontos oferecidos são verdadeiros, chegando até 60% com descontos progressivos, sem inflação de preços antes da Black Friday. Isso significa que você pode confiar completamente na transparência de nossas ofertas.

A segurança nas transações é outro aspecto crucial ao escolher onde realizar suas compras na Black Friday.  

Desse modo, prezamos por métodos de pagamento seguros que proporcionam aos clientes tranquilidade ao efetuar suas transações e evitando preocupações com boletos falsos ou atividades suspeitas.

Assim também como nossa presença ativa nas redes sociais, como Facebook e Instagram reflete nosso compromisso com a transparência e interação direta com nossos clientes. 

Uma vez que ao explorar nossas postagens, avaliações e comentários, os consumidores podem obter insights valiosos sobre a experiência de outros clientes, contribuindo para uma escolha informada, baseada nas avaliações de outros clientes, inclusive. 

Black Friday SunKids

Dessa forma, seja em período de Black Friday ou não, sua segurança e satisfação são nossa máxima prioridade.

Explore as promoções imperdíveis que preparamos com descontos reais em produtos autênticos, com excelência e qualidade com tranquilidade! 

Ir para a Black da SunKids agora mesmo! 

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.