Glaucoma infantil: O que é e como identificar - SunKids

Glaucoma infantil: O que é e como identificar

O glaucoma infantil é uma condição séria, mas muitas vezes negligenciada, que pode ter um impacto significativo na visão e na qualidade de vida geral da criança.

Como pais, cuidadores e sociedade, é fundamental estarmos ciente dos sinais e sintomas dessa condição para garantir a detecção precoce e o tratamento adequado. 

Neste artigo, buscaremos nos aprofundar nesse tema, explorando suas causas, fatores de risco e, o mais importante, como identificá-lo o mais depressa possível.

Ao compreender os principais indicadores, como aumento da sensibilidade à luz, lacrimejamento excessivo e córneas turvas ou aumentadas, você terá o conhecimento necessário para reconhecer os possíveis sinais de alerta.

Também discutiremos a importância de exames oftalmológicos regulares para crianças e as opções de tratamento disponíveis. A você que nos acompanha, desejamos boa leitura! 

O que é o glaucoma infantil?

O glaucoma infantil, também conhecido como glaucoma pediátrico, é uma doença ocular rara que afeta bebês, crianças pequenas e crianças, podendo levar, inclusive, à cegueira.

Diferentemente do glaucoma adulto, que é causado principalmente pelo aumento da pressão no olho, o glaucoma infantil está frequentemente associado a anormalidades estruturais no sistema de drenagem do olho. que leva ao acúmulo de fluido e ao aumento da pressão e pode danificar o nervo óptico, resultando em perda de visão se não for tratado.

 

 

 

glaucoma infantil 01

Entendendo o Glaucoma Infantil: Causas e fatores de risco

Há várias causas e fatores de risco associados ao glaucoma em crianças. Uma das principais causas é uma mutação genética que afeta o desenvolvimento do sistema de drenagem do olho.

Essa mutação pode ser herdada de um ou de ambos os pais, ou pode ocorrer espontaneamente.

Outros fatores de risco incluem determinadas condições médicas, como neurofibromatose e síndrome de Sturge-Weber, bem como lesões ou infecções que afetam o olhinho da criança. 

Sinais e sintomas do glaucoma em crianças

Reconhecer os sinais e sintomas do glaucoma infantil é fundamental para a detecção e o tratamento precoces.

Embora alguns bebês possam nascer com glaucoma, os sintomas geralmente se tornam mais perceptíveis à medida que a criança cresce.

Um dos sinais mais comuns é o aumento da sensibilidade à luz, também conhecido como fotofobia.

Assim como também, as crianças com glaucoma também podem apresentar lacrimejamento excessivo, piscadas frequentes e fricção dos olhos.

Em alguns casos, as córneas podem parecer turvas ou aumentadas. É importante observar que esses sintomas podem variar de criança para criança, portanto, é essencial consultar um oftalmologista se você suspeitar de glaucoma.

 

glaucoma infantil

Métodos de diagnóstico e triagem para glaucoma infantil

O diagnóstico do glaucoma em crianças requer um exame oftalmológico abrangente feito por um oftalmologista pediátrico.

O oftalmologista avaliará a visão da criança, medirá a pressão intraocular e examinará a estrutura do olho, inclusive a córnea e o nervo óptico.

Testes adicionais, como gonioscopia e ultrassom, também podem ser realizados para avaliar o ângulo de drenagem e determinar a gravidade da condição.

A detecção precoce é fundamental no controle do glaucoma infantil, pois permite a intervenção oportuna e melhores resultados.

Opções de tratamento para o glaucoma infantil

O tratamento do glaucoma infantil depende da gravidade da condição e da idade da criança.

Em alguns casos, podem ser prescritos medicamentos, como colírios ou medicamentos orais, para reduzir a pressão intraocular.

No entanto, a medicação isolada geralmente é insuficiente, e a intervenção cirúrgica é necessária.

Há vários procedimentos cirúrgicos disponíveis para o glaucoma infantil, incluindo trabeculotomia, trabeculectomia e cirurgia de implante de drenagem.

O objetivo desses procedimentos é melhorar a drenagem do fluido do olho e reduzir a pressão intraocular.

De modo que visitas regulares de acompanhamento com o oftalmologista são essenciais para monitorar a condição da criança e ajustar o plano de tratamento, se necessário. 

 

olho infantil com lesão

Perguntas frequentes sobre o glaucoma infantil

  1. O glaucoma infantil é uma condição comum?

O glaucoma infantil é uma condição rara, afetando aproximadamente 1 em cada 10.000 crianças. Entretanto, é importante estar ciente dos sinais e sintomas para garantir a detecção precoce.

  1. Pode ser curado?

Embora o glaucoma infantil não possa ser curado, a detecção precoce e o tratamento adequado podem ajudar a controlar a doença e preservar a visão.

  1. Quais são os efeitos de longo prazo do glaucoma infantil?

Sem tratamento, o glaucoma infantil pode levar à perda permanente da visão e a outras complicações. Entretanto, com a intervenção oportuna, o prognóstico pode ser significativamente melhorado.

  1. Há alguma mudança no estilo de vida que possa ajudar a controlar o glaucoma infantil?

Mesmo que as mudanças no estilo de vida, por si só, não possam tratar o glaucoma infantil, a manutenção de um estilo de vida saudável, incluindo exercícios regulares e uma dieta balanceada, podem, sim, ajudar na saúde geral dos olhos. 

Para concluir 

O glaucoma infantil é uma doença ocular grave que requer detecção e intervenção precoces para preservar a visão e garantir uma melhor qualidade de vida para as crianças afetadas.

Ainda que rara, compreeder os sintomas, realizar consultas e exames oftalmológicos regulares, é fundalmental para manter a sombra do glaucoma bem longe dos nossos filhos, da sua visão e do seu precioso futuro. 

 

Se esse artigo foi útil para você, compartilhe para que mais mãe e responsáveis também fiquem cientes sobre o glaucoma infantil! 

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.