Lesões oculares em crianças: o que fazer em caso de acidente?

Lesões oculares em crianças: o que fazer em caso de acidente?

Quando se trata da saúde dos nossos filhos, é natural que queiramos protegê-los a todo custo, não é mesmo? No entanto, mesmo com todas as precauções, acidentes podem acontecer, especialmente quando se trata de lesões oculares em crianças. 

Afinal, os olhos são órgãos delicados e vulneráveis, e qualquer lesão pode ser assustadora e potencialmente perigosa. É por isso que é essencial saber o que fazer em caso de acidente para prestar os primeiros socorros adequados. Continue lendo para saber mais sobre o assunto! 

Causas comuns de lesões oculares em crianças

As crianças estão expostas a várias situações que podem resultar em lesões oculares. É importante estar ciente das causas comuns dessas lesões para poder tomar medidas preventivas e agir adequadamente em caso de acidente. Aqui estão algumas das causas mais comuns de lesões oculares em crianças:

Acidentes domésticos: Muitas lesões oculares ocorrem em casa, devido a quedas, colisões com objetos ou uso inadequado de utensílios domésticos. Crianças correm o risco de se machucar brincando com objetos pontiagudos, como lápis ou tesouras, ou quando estão correndo e colidem com móveis ou portas.

Brincadeiras e esportes: Atividades recreativas e esportivas podem levar a lesões oculares se as crianças não estiverem usando equipamentos de proteção adequados. Bolas de futebol, basquete ou outros objetos lançados podem acidentalmente atingir os olhos das crianças, causando lesões.

Produtos químicos: Crianças podem ser expostas a produtos químicos perigosos, como produtos de limpeza ou substâncias irritantes, que podem causar queimaduras ou danos aos olhos. É essencial manter esses produtos fora do alcance das crianças e garantir que sejam utilizados de forma segura e responsável.

Atividades ao ar livre: Lesões oculares também podem ocorrer durante atividades ao ar livre, como jardinagem, cortando grama, ou mesmo quando as crianças estão em contato com plantas ou flores que podem ser irritantes para os olhos.

Acidentes automobilísticos: Infelizmente, acidentes de carro podem resultar em lesões oculares graves para as crianças envolvidas. O impacto de um acidente pode fazer com que objetos ou detritos dentro do veículo atinjam os olhos das crianças, causando danos graves.

Acidentes escolares: As crianças também estão expostas a riscos de lesões oculares enquanto estão na escola. Quedas, colisões com outros estudantes ou objetos escolares, ou até mesmo acidentes químicos em laboratórios podem resultar em lesões nos olhos.

Desse modo, é importante lembrar que, mesmo com a adoção de todas as medidas preventivas possíveis, acidentes podem acontecer. 

Portanto, é fundamental estar preparado para agir corretamente em caso de lesão ocular em uma criança e buscar atendimento médico imediato. 

 

lesão ocular infantil

Sinais e sintomas de lesões oculares

As lesões oculares em crianças podem causar preocupação e ansiedade em pais e cuidadores. Saber identificar os sinais e sintomas de uma lesão ocular é essencial para garantir uma resposta rápida e adequada. Aqui estão alguns dos sinais mais comuns a serem observados:

Dor e desconforto

Um dos sintomas mais evidentes de uma lesão ocular é a presença de dor ou desconforto. A criança pode reclamar de dor ou sensação de queimação nos olhos. 

Visão turva ou embaçada

Outro sinal importante a ser observado é a visão turva ou embaçada. Se a criança está tendo dificuldade em enxergar adequadamente, pode ser um sinal de lesão ocular.

Vermelhidão e inchaço

A presença de vermelhidão e inchaço ao redor dos olhos é um sinal claro de lesão ocular. Isso pode indicar a ocorrência de um trauma, como um impacto direto ou uma contusão na área dos olhos. 

Lacrimejamento excessivo

Se a criança está apresentando um aumento no lacrimejamento, mesmo sem uma causa aparente, pode ser um sinal de uma lesão no olho, pois, o lacrimejamento excessivo pode indicar uma resposta inflamatória do organismo à lesão ocular.

Sensibilidade à luz

A sensibilidade à luz, conhecida como fotofobia, é um sinal característico de algumas lesões oculares. A criança pode evitar ambientes com muita luminosidade e apresentar desconforto ao olhar diretamente para a luz. Esse sintoma requer atenção, pois pode indicar danos à córnea ou uma possível infecção.

Alterações na aparência do olho

Observar qualquer alteração visível na aparência do olho é essencial. Isso pode incluir sangramento, presença de corpos estranhos, alterações de cor na íris ou pupilas dilatadas. Essas mudanças na aparência do olho podem indicar danos mais graves e requerem assistência médica imediata.

 

Lesão ocular em crianças: o que fazer?

Medidas imediatas de primeiros socorros para lesões oculares

Quando uma criança sofre uma lesão ocular, é fundamental agir rapidamente para minimizar os danos e buscar o tratamento adequado. 

Dessa forma, existem algumas medidas imediatas de primeiros socorros que podem ser tomadas para ajudar a lidar com lesões oculares em crianças.

Mantenha a calma: É importante manter a calma ao se deparar com uma lesão ocular em uma criança. O pânico pode aumentar a ansiedade da criança e dificultar a prestação de ajuda adequada. Portanto, mantenha uma atitude tranquila e encoraje a criança a permanecer calma também.

Lave os olhos: Se houver qualquer objeto estranho nos olhos da criança, tente lavá-los suavemente com água limpa. Use um copo de água ou coloque a cabeça da criança sob uma torneira, inclinando levemente a cabeça para trás. Isso pode ajudar a remover partículas ou substâncias irritantes dos olhos.

Não esfregue ou toque o olho: É importante evitar esfregar ou tocar o olho da criança, pois isso pode causar danos adicionais. Mesmo que a criança esteja sentindo coceira ou irritação, tente lembrá-la de evitar esfregar os olhos.

Não tente remover objetos presos: Se um objeto estiver preso nos olhos da criança, como um caco de vidro, não tente removê-lo por conta própria. Isso pode causar mais danos ao olho. Em vez disso, procure ajuda médica imediatamente.

Cubra o olho ferido: Se a criança estiver com um olho ferido ou lesionado, é importante cobri-lo com um curativo limpo e estéril. Isso ajudará a proteger o olho de qualquer contato ou trauma adicional.

Busque ajuda médica: Independentemente da gravidade da lesão ocular, é importante procurar ajuda médica o mais rápido possível. Entre em contato com um oftalmologista ou leve a criança ao serviço de emergência para que possam realizar uma avaliação adequada e fornecer o tratamento necessário.

É essencial ressaltarmos que  que essas medidas imediatas de primeiros socorros são apenas temporárias e não substituem a avaliação de um profissional de saúde especializado. Sempre procure assistência médica adequada para lesões oculares em crianças.

 

lesão ocular em crianças - blog sunkids

Prevenção de lesões oculares em crianças

Prevenir lesões oculares em crianças é fundamental para garantir sua saúde visual a longo prazo. Existem algumas medidas simples que os pais e cuidadores podem tomar para minimizar o risco de acidentes oculares. Aqui estão algumas dicas importantes para prevenir lesões oculares em crianças:

Ensine boas práticas de higiene ocular: Incentive as crianças a lavarem as mãos regularmente para evitar a propagação de germes e infecções oculares. É essencial ensiná-las a não coçar os olhos com as mãos sujas ou objetos pontiagudos.

Use óculos de proteção: Sempre que a criança estiver envolvida em atividades esportivas ou recreativas que apresentem risco de lesões oculares, é importante garantir que ela use óculos de proteção apropriados. 

Evite brinquedos perigosos: Ao escolher brinquedos, verifique se eles não possuem peças pequenas que possam ser engolidas ou representar algum risco aos olhos. Nesse sentido, evite brinquedos com pontas ou bordas afiadas que possam causar lesões oculares.

Mantenha produtos químicos fora do alcance: Mantenha produtos de limpeza doméstica, como detergentes e produtos químicos, bem guardados e fora do alcance das crianças, uma vez que essas substâncias podem causar sérios danos aos olhos se forem usadas inadequadamente.

Tenha cuidado com objetos pontiagudos: Tenha atenção para que as crianças não brinquem com objetos pontiagudos, como canetas, lápis ou tesouras, próximos aos olhos, pois, uma brincadeira inocente pode facilmente resultar em ferimentos oculares graves.

Ensine sobre o perigo do sol: Ensine as crianças sobre os riscos da exposição solar excessiva aos olhos. Incentive o uso de óculos de sol com proteção UV quando estiverem ao ar livre, especialmente em dias ensolarados ou em locais com neve, onde a radiação solar é mais intensa.

Faça exames regulares de visão: Fazer exames regulares de visão é essencial para detectar e tratar problemas oculares precocemente. Certifique-se de que as crianças realizem exames de rotina com um oftalmologista, mesmo que não apresentem sintomas visíveis.

 

Como você pôde perceber, prevenir continua sendo a melhor alternativa. Porém, por se tratar de órgãos tão sensíveis, é inevitável que durante a infância, o cuidado e preocupação com lesões oculares seja comum.

Nesse sentido, quando ocorrer, busque manter a calma, não remova nenhum objeto que possa estar perfurando a visão da criança e busque rápido um pronto atendimento de emergência. 

 

Esse artigo faz parte de uma série de conteúdos sobre saúde e bem-estar infantil. Se você gostou, compartilhe para que mais pessoas também tenham acesso, basta clicar no botões aqui embaixo! 

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.