Entenda a importância de um Diagnóstico precoce ocular e quais são os principais sintomas que merecem uma maior atenção - SunKids

Entenda a importância de um Diagnóstico precoce ocular e quais são os principais sintomas que merecem uma maior atenção

Pode-se dizer que o Diagnóstico precoce é uma das práticas mais essenciais que devem ser tomadas para evitar com que qualquer doença ou síndrome se desenvolva e se torne um problema maior, principalmente quando nos referimos sobre a visão, que se trata de uma área extremamente frágil.

Contudo, é um fato que uma grande parcela da população não possui os conhecimentos necessários para cuidar da sua visão de forma correta, e por conta disso, podemos observar que aproximadamente 30% das pessoas de todo o mundo possuem a necessidade de utilizar óculos na atualidade.

Caso você queira evitar que esta situação venha a acontecer, recomendamos que preste muita atenção em todas as informações e dicas que serão citadas a seguir, pois elas irão lhe ajudar a realizar um Diagnóstico precoce ocular.

Afinal, o que é e para que serve um Diagnóstico precoce ocular?

Como o próprio nome diz, o Diagnóstico precoce se trata de uma prática onde o indivíduo consegue identificar um problema, seja ele uma doença ou síndrome, enquanto ainda está em sua fase inicial de desenvolvimento, na qual oferece maiores chances de cura, sem prejudicar ou influenciar o indivíduo tão severamente.

Diversos estudos e pesquisas mostraram que uma grande parte das pessoas que possuem cegueira na atualidade, poderiam evitar tal problema caso fizessem o diagnóstico ocular de forma precoce, para assim, tratar a fonte do problema antes que a cegueira se tornasse uma realidade.

Como este diagnóstico pode ser feito?

Existem inúmeras maneiras de realizar tal diagnóstico, entretanto, vale dizer que o resultado final sempre virá de um profissional, ou seja, de um oftalmologista, pois somente tal profissional possui os conhecimentos e equipamentos necessários para poder realizar um diagnóstico e receita eficiente. As 3 principais maneiras de realizar um Diagnóstico precoce ocular são:

 

Percepção de sintomas

A grande maioria dos problemas oculares existentes na atualidade não são desenvolvidos do dia pra noite, mas sim, durante um longo período de tempo, de forma gradativa. Com isso, os sintomas começam a fazer parte do dia a dia do indivíduo, algo que não deveria ser considerado comum.

Ao perceber estes sintomas, o indivíduo deve rapidamente realizar uma consulta com um oftalmologista, para assim, descobrir a fonte dos sintomas, e consequentemente, tratá-la. Para lhe ajudar a compreender melhor tal método, também separamos os principais sintomas que merecem uma maior atenção, algo que você observará mais abaixo no artigo.

Teste do Reflexo Vermelho

No caso dos bebês, a melhor alternativa é a realização do teste do reflexo vermelho, também denominado como teste do olhinho. Tal teste se tornou uma obrigatoriedade de ser realizado durante a maternidade, já que ele consegue prevenir e auxiliar no tratamento precoce de inúmeros problemas congênitos.

Consultas ao oftalmologista

Por fim, mas não menos importante, também é recomendado que você possua uma boa rotina de consultas ao oftalmologista, marcando e realizando consultas com o mesmo ao menos 1 vez por ano.

Quais os principais sintomas que eu devo me atentar?

Com isso, para lhe ajudar a entender tudo que diz respeito ao Diagnóstico precoce, agora você observará os 4 principais sintomas que podem indicar um problema ocular, portanto, lembre-se de sempre estar ligado nos mesmos!

 

Dores de cabeça frequentes

As dores de cabeça já se tornaram parte da rotina de milhares de pessoas, algo que não deveria ser normalizado, já que elas podem indicar o desenvolvimento de algum problema, principalmente ocular. Caso você faça parte do grupo de pessoas que possuem tal sintoma frequentemente, recomendamos que visite um oftalmologista.

Dor no fundo dos olhos

A dor no fundo dos olhos também se tornou um sintoma extremamente comum e aceito pelas pessoas, entretanto, ele também pode significar que algum problema está sendo desenvolvido, portanto, não ignore esta dor.

Dificuldade de enxergar

O principal sintoma proveniente das síndromes oculares é a dificuldade de enxergar, seja de perto, de longe, ou até mesmo de ambas as distâncias. Com isso, caso perceba tal dificuldade, trate de marcar uma consulta oftalmologista o mais breve possível, garantindo que o seu grau não alcançará uma marca muito elevada.

Fadiga ou cansaço ocular excessivo

A fadiga ou cansaço ocular em excesso e frequentemente pode significar maus hábitos em relação a visão, e tais hábitos aumentam consideravelmente a chance de desenvolvimento de doenças e síndromes oculares, portanto, atente-se para fazer o Diagnóstico precoce de tal sintoma.

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.