O que é catarata congênita: Conheça um dos principais responsáveis pela cegueira infantil - SunKids

O que é catarata congênita: Conheça um dos principais responsáveis pela cegueira infantil

A catarata se tornou um uma das doenças oculares mais conhecidas pela população, já que diversos casos puderam ser observados em idosos nos últimos anos, fazendo com que a mídia desse uma maior atenção para o problema. Entretanto, um fator muito pouco discutido, é que a catarata também é uma doença que pode ser desenvolvida pela hereditariedade, algo que oferece um maior risco para as crianças e faz com que os pais procurem saber o que é catarata.

Tal assunto ainda é muito pouco discutido na atualidade, já que na maioria das vezes, somente a catarata tradicional (que afeta os idosos) recebe a atenção, deixando com que a catarata congênita (que afeta as crianças), seja desenvolvida pelas sombras, prejudicando milhares de crianças em todo o mundo.

Essa situação deve ser mudada o mais rápido possível, ainda mais quando levamos em consideração que a cegueira causada pela catarata congênita pode ser evitada, caso o diagnóstico seja feito de forma precoce. Contudo, para conseguir preservar a segurança e saúde ocular do seu filho, recomendamos que preste muita atenção em todas as informações a seguir, pois elas se referem a o que é catarata congênita.

Afinal, o que é catarata?

De forma geral, a catarata pode ser definida como a principal doença ocular na qual é associada aos idosos, já que em grande parte dos casos, ela é desenvolvida por conta de fatores proporcionados pelo crescimento natural do corpo humano, entretanto, esta não é a única causa da doença, e portanto, os idosos não são os únicos a serem afetados por ela!

A doença possui uma característica base, que é a danificação ao cristalino do olho, parte do olho que possui o principal objetivo de focalizar e identificar todas as imagens que observamos. Como o seu próprio nome diz, este cristalino possui certa transparência e até mesmo reflete a luz, para assim, formar a imagem.

Infelizmente, com os danos causados pela catarata, o cristalino acaba perdendo tais características gradativamente, até chegar o momento em que ele fica completamente opaco, não conseguindo focalizar ou identificar nenhuma imagem, ocasionando a cegueira total.

 

Essa doença não atinge somente os idosos?

Agora que você já sabe o que é catarata, chegou o momento de observar uma de suas subdivisões, que é a catarata congênita, na qual é desenvolvida por um grupo de pessoas diferente dos idosos, no caso, as crianças. A catarata desenvolvida por tal grupo costuma possuir uma causa em comum, que é a hereditariedade, entretanto, esta não é a única que deve ser citada, como você observará mais abaixo no artigo.

De forma geral, mesmo sendo uma doença que afeta principalmente os idosos, a catarata também pode ser considerada como uma das principais causadoras da cegueira infantil, e infelizmente, na maioria dos casos esta cegueira poderia ser evitada, caso o tratamento fosse feito precocemente.

Vale dizer que a catarata em crianças possui um impacto e influência extremamente significativos sobre o desenvolvimento da criança, tanto visual, quanto mental. A falta de uma visão saudável prejudica diretamente a sua percepção de estímulos, algo que é fundamental para o crescimento saudável, podendo prejudicar até mesmo o seu desenvolvimento cognitivo.

Quais são as causas da catarata em crianças?

As principais causas que levam o público infantil a desenvolver a catarata são:

  • Hereditariedade (possuir o gene ativo da doença, herdado dos pais);
  • Desenvolvimento através de doenças infeciosas;
  • Problemas metabólicos.

Infelizmente, mesmo na atualidade ainda não descobrimos todas as causas que levam as crianças a desenvolverem a catarata, e por conta disso, é ainda mais importante manter uma certa frequência de visitas ao oftalmologista durante a infância, assegurando que a visão do mesmo está saudável.

 

É possível evitar a catarata infantil? Como?

Pode-se dizer que sim, a catarata infantil é um problema que pode ser evitado e até mesmo tratado. Entretanto, para conseguir realizar tal prática, é fundamental que seja seguido estes dois passos:

Diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce é fundamental para evitar o desenvolvimento da doença, e assim, começar o seu tratamento o mais breve possível. Tal diagnóstico pode ser feito através do teste do olhinho.

Tratamento

O tratamento da catarata infantil pode ser realizado através de uma cirurgia, ou até mesmo através do uso de óculos, colírios e tampões de óculos, nos quais também possuem certa eficiência no tratamento do estrabismo. Com isso, você já sabe de tudo que diz respeito a o que é catarata congênita.

 

CONHECER PRODUTO

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.