Conheça os testes caseiros de miopia e veja os seus riscos - SunKids

Conheça os testes caseiros de miopia e veja os seus riscos

Por conta da grande limitação que o mercado oftalmológico anda apresentando, conseguimos observar que uma grande parcela da população passou a utilizar de testes caseiros para fazer o diagnóstico de certos problemas oculares, como por exemplo, a miopia.

Entretanto, diversos oftalmologistas já declararam e avisaram que tais testes oferecem inúmeros riscos à saúde ocular do indivíduo. Infelizmente, mesmo com estes avisos, as pessoas não pararam de utilizar esta alternativa. Para conseguir mudar um pouco esta situação, nós da SunKids resolvemos mostrar os principais riscos que estes testes proporcionam, algo que você deve conhecer!

Afinal, o que são os testes caseiros de miopia?

Os testes caseiros foram criados pela população, para assim, servir de saída a obrigatoriedade de ir até o oftalmologista para ter um diagnóstico sobre a miopia. O verdadeiro objetivo deste teste é verificar se o indivíduo possui tal síndrome, e se possuir, dar uma base sobre o seu grau.

Infelizmente, esses procedimentos nunca serão mais aconselhados do que os procedimentos realizados com um laboratório, já que, além de não entregarem a mesma precisão, algo que é fundamental para manter a nossa saúde ocular, este teste só consegue “diagnosticar” a miopia, e caso o indivíduo tenha algum outro problema ocular, ele acabará se desenvolvendo por conta da falta de tratamento.

Tal ponto pode parecer algo besta, mas diversas pesquisas mostraram que aproximadamente 30% de toda a população possui algum problema ocular com significativo grau na atualidade, e a grande maioria destes casos poderiam ser evitados casos caso fossem descobertos com antecedência, ou seja, com um diagnóstico realizado por um oftalmologista.

 

Como eles funcionam?

Existem 2 maneiras distintas destes testes caseiros serem realizados na atualidade. Pode-se dizer que a segunda maneira consegue se assimilar muito aos testes feitos em consultórios oftalmos, entretanto, a falta de equipamentos apropriados e do conhecimento de um profissional acaba tornando-o ineficiente da mesma maneira. As principais maneiras de realizar estes testes são:

Imagens

O primeiro teste é realizado a base de imagens, onde o indivíduo deverá tampar um dos olhos, e assim, tentar enxergar as letras presentes em determinada imagem. Estas imagens costumam ser apresentadas com cores e formatos únicos, nos quais conseguem desencadear alguns sensores e características que temos nos olhos.

Através disso, é realizado um breve teste, e de acordo com o resultado (ou seja, com o que você enxergou daquela imagem), é definido se você possui ou não a miopia, juntamente com o seu possível grau.

Letras e números

Também existe o teste baseado somente em letras e números, no qual possui uma grande semelhança com os testes profissionais. De modo geral, o indivíduo deverá abrir uma imagem específica para este teste, na qual possui algumas letras e números de tamanhos variados. 

Com isso, o indivíduo deve identificar todas as letras e números de um determinado nível e avançar para o próximo, até chegar o momento em que tal ação se torna impossível para si. Quando este nível chegar, você será apresentado ao grau de miopia que possui.

 

Quais riscos trazem tais testes?

Para lhe deixar por dentro de todas as principais características oferecidas pelos testes caseiros de miopia, também resolvemos trazer os 3 principais riscos oferecidos pelos mesmo. Estes riscos são os principais motivos destes testes serem extremamente não recomendados, já que como você observará, eles podem causar inúmeros problemas.

Definição errada de grau

O primeiro risco, é quando o indivíduo realmente possui a miopia, entretanto, por falta de um diagnóstico completo, ele acaba definindo um grau errado. Ao utilizar óculos ou lentes corretivas com tal grau, é certo que a sua visão será ainda mais comprometida, agravando o problema;

Diagnóstico incompleto e sem segurança

Os testes caseiros não proporcionam nenhuma segurança, e para piorar, o seu diagnóstico é incompleto, ou seja, existem grandes chances de você possuir algum outro problema ocular (além da miopia), no qual necessita de tratamento, porém, sem o diagnóstico, é impossível realizar o tratamento.

Desenvolvimento irregular da síndrome

Por fim, mas não menos importante, não poderíamos deixar de citar que os testes caseiros de miopia também oferecem um desenvolvimento irregular da síndrome, já que na maioria das vezes, o grau definido não condiz com a verdadeira realidade, levando o indivíduo a utilizar óculos com lentes não apropriadas para o seu caso.

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.