Coloboma de íris: Conheça o famoso olho de gato - SunKids

Coloboma de íris: Conheça o famoso olho de gato

Um dos principais problemas oculares que ganharam uma maior visibilidade na atualidade, é o Coloboma de íris, mais conhecido como olho de gato. Um coloboma é um problema caracterizado por uma má formação em alguma das partes mais externas do olho (algo que varia de acordo com cada tipo de coloboma).


O olho de gato se refere exclusivamente ao colobomo que afeta exclusivamente a íris e seu formato, ocasionando um formato que se assimila ao seu nome popular. Felizmente, diversos estudos mostraram que este problema afeta somente a estética, não apresentando nenhuma influência considerável sobre a visão.


Se você deseja conhecer um pouco mais sobre os demais tipos de colobomas, principalmente sobre o Coloboma de íris, nós da SunKids recomendamos que preste muita atenção nas informações a seguir.

Afinal, o que é coloboma?

De modo geral, o coloboma de íris, também conhecido pelo seu nome popular, olho de gato, se trata de uma má formação nos olhos (podendo ser apresentada em somente 1 ou até mesmo nos 2 olhos). Esta má formação acaba alterando a estrutura da íris e da pálpebra dos olhos, deixando um formato no qual se assemelha a um olho de gato, fazendo juz ao seu nome popular.


Vale dizer que esta má formação acaba influenciando somente no formato e estrutura destas 2 partes do olho, já que na grande maioria dos casos, a visão não apresenta nenhuma variação, mesmo que ainda possamos observar alguns sintomas provenientes deste problema.


Vale dizer que é impossível a formação de um coloboma idêntico ao outro, portanto, mesmo nos casos em que tal má formação acontece nos dois olhos, provavelmente será possível observar certas diferenças no formato entre as duas íris e pálpebras.

 

Principais tipos de coloboma

Algo que muitas pessoas não sabem sobre o olho de gato, é que este problema possui diversas causas e fontes, algo que acaba provocando o desenvolvimento de uma grande variedade de tipos, cada uma proveniente de uma fonte. Alguns exemplos de fontes são: hereditariedade, desenvolvimento natural (do próprio corpo conforme o amadurecimento), alguma danificação durante o nascimento, uma má formação na própria gestação, entre outros.

Grande parte dos casos são provenientes de uma má formação na gestação e de hereditariedade. Contudo, por conta da grande variedade de tipos de colomba existentes, é praticamente impossível citar todos, e por conta disso, separamos somente os principais, nos quais você deve conhecer!

Coloboma palpebral

No caso do coloboma palpebral, assim como o seu próprio nome diz, se refere a uma má formação nas pálpebras, podendo ser vista tanto na superior, quanto na inferior, variando de caso para caso. Esta má formação acontece durante a própria gestação, porém, a visão não é afetada.

Coloboma do nervo óptico

Diferentemente do primeiro tipo de coloboma, o do nervo óptico acaba afetando diretamente tal nervo, fazendo com que fiquem faltando algumas partes durante a sua formação. Este tipo de olho de gato é extremamente delicado, já que na grande maioria das vezes, ele é acompanhado de algum dano à visão, ou até mesmo a cegueira total.

 

Coloboma da retina

Outro tipo de coloboma que deve ser citado, é o da retina, e como seu próprio nome resume, ele é caracterizado por uma má formação na retina, fazendo com que ela fique pouco desenvolvida e apresenta certas falhas. Este tipo de coloboma costuma oferecer algumas falhas à visão, como algumas manchas, algo que merece uma maior atenção.

Coloboma Macular

Um dos tipos de coloboma que mais afetam a visão, é o macular, já que ele se refere a uma má formação no centro da retina, uma área muito importante para a visão de todos os indivíduos.

Coloboma de íris

Por fim, mas não menos importante, não poderíamos deixar de citar sobre o Coloboma de íris, o tão conhecido olho de gato. Este coloboma é marcado por uma má formação no formato da íris, entretanto, a visão não costuma ser afetada.

Principais sintomas do coloboma de íris

Para finalizar com chave de ouro, também é fundamental que você conheça os principais sintomas que uma pessoa com olho de gato apresenta, que são:

  • Formato irregular da pupila;
  • Má formação das pálpebras;
  • Fotofobia;
  • Certa dificuldade de enxergar, e em alguns casos, a Coloboma de íris pode causar até o desenvolvimento de baixa visão.

Deixe um comentário

Obs: Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.